Prive Contos Eróticos – Incesto – Tô trepando com o meu Filho! (Real)

Tenho 45 anos e moro em uma cidade do interior de SP. Não sou lindo, mas estou enxuto pra minha idade e sou muito safado em relação a sexo. Minha história é real e por isso não posso me identificar. Tudo começou após me separar de minha esposa. Já tinha me relacionado com homens antes do casamento e tive algumas aventuras enquanto estive casado também. Há 3 anos me separei. Mas minha vida mudou mesmo desde que nosso único filho, um garoto de 19 anos, veio morar comigo, há 1 ano. Nunca tinha tido nenhuma intenção sexual em relação a ele, jamais isso passaria na minha cabeça.
Porém, teve um dia que ao voltar mais cedo do trabalho tive uma surpresa que mudou a minha relação com o meu filho. Ele estava no quarto dele, pelado na cama, batendo punheta e cheirando uma cueca. Minha surpresa foi ainda maior quando percebi que a cueca era minha! Fiquei louco na hora! Ele cheirava a cueca, passava pelo rosto, e punhetava gostoso. Ele não tinha percebido minha presença! Fiquei maluco, estático, sem reação. Eu fiquei uns 5 minutos parado no corredor, vendo ele naquela punheta, mas sem entrar no quarto.
Não conseguia acreditar que meu filho, que eu jamais suspeitaria algo, estava com a minha cueca cheirando enquanto batia uma. Pensei em sair de lá e ir pro meu quarto, mas no impulso do tesão criei coragem e entrei dentro do quarto. Ele deu um pulo de susto! Ficou totalmente sem jeito ao me ver! Daí eu disse “calma, filho, ta tudo bem…pode continuar…”. Ele ficou nervoso e eu continuei dizendo “ não sabia que você gostava de cheirar minha cueca..” Ele me interrompeu “desculpa, pai!”. Eu quis deixà-lo mais à vontade “ Não tem que pedir desculpa, se isso te dá tesão não tem problema nenhum!
Conforme o tempo ia passando meu tesão ia subindo, eu tomei mais coragem ainda e arranquei a calça. Tirei minha cueca e dei pra ele; “olha, filho, pode cheirar essa,ta com mais cheiro de rola!” Ele ficou meio apreensivo, mas pegou. Eu falava ‘Cheira vai, sente o cheiro da minha pica!”. Ele me obedeceu! Nem acreditava no que estava vendo!
Meu pau tava muito duro…Meu filho na minha frente cheirando minha cueca e batendo punheta!
Eu já tava doido e falei pra ele me chupar. Ele assustou e falava: “Porra, eu chupar o senhor? Tem certeza?” Eu falava: “Claro, filhão! Engole minha vara vai!”. E ele começou lambendo as bolas do saco, nem imaginava que ele sabia fazer aquilo. Depois, foi chupando o pau todo, lambendo a cabeça e sugando bem gostoso. Eu delirava e falava “caralho, filho, não sabia que você fazia isso!”. “Eu curto pau, pai!” ele falava.
Ele foi cada vez ficando mais safadinho, mais solto. A gente já tinha perdido a noção de tudo, já tinha virado putaria. Eu coloquei ele de frango assado e foi lambendo o cuzinho dele. Daí reparei que ele raspa os pelos da bunda, o rabo dele é lisinho! Enfiava a língua no cu dele, lambi também o pau…Eu nem acreditava que tinha um muleque gostoso daquele dentro da minha casa!


Sem nem pensar, comecei a meter no cu dele..Ele deixava, gemia gostoso “Fode, caralho! Vai!”. Bombei por pouco tempo e já gozei. Caímos na cama, eu me levantei e fui pro meu quarto tomar banho.
 

 


Mundo Mais 

 

Check Also

Especial – Dia da Consciência Negra – Prive Contos Eróticos – O NEGRO DO BANHEIRO DO POSTO

Olá amigos do Blog, esse é meu primeiro conto por aqui. Meu nome é Haendel , tenho 20 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *