Home / Prive Contos Eróticos / Prive Contos Eróticos – MEU AMIGO NOVINHO E COM ROLA ENORME

Prive Contos Eróticos – MEU AMIGO NOVINHO E COM ROLA ENORME


Costumava as vezes ir em uma feirinha que sempre tinha aos domingos, terças e quintas.Numa segunda feira resolvi ir na feira com umas amigas de trabalho.rnChegando na feira conheci um monte de rapazes ( detalhe todos eram mais novos do que eu), teve um que me chamou um pouco a atenção pois estava me encarando, despistava, entrava na rodinha da conversa, sá para me tirar atenção. Mas não adiantou muito, ele compra um botão de rosa e me entrega. Cheira e fala “cheirosa como você” o problema não foi ele me disser isso e sim o olhar, que me arrepiava.

Depois de um tempo eu, e minhas amigas resolvemos ir em outro lugar.Em um barzinho que fica aberto ate tarde e musica ao vivo ( não era assim essas coisas mas ate que dava pra curtir).Um pouco depois que eu ja estava no bar, fui no banheiro e me encontrei com o rapaz da feira. Veio a mim com desculpa perguntou por uma amiga minha…

e me fala que suas primas quer que ele vá embora,pois esta um pouco bêbado e teria que acordar cedo pra trabalhar. Ele pega em minha mão e bem no meu ouvido fala “quero ficar com você” fiquei sem ação na hora,mas levei a brincadeira e sai.rnSentada na mesa avistei ele indo embora com as primas. Até uma amiga vem me criticando porque não fiquei com ele ” sou velha pra ele”.rnEstávamos conversando quando de repente minha amiga fala bem baixinho ” ele esta voltando”, não acreditei e quando olho pra trás ele envinha na nossa direção. Sentou bem ao meu lado, e fala ” eu vim ficar com você”. Quando eu menos percebi já estávamos nos beijando…e rolou química, física… tudo.rnNão conseguia acreditar aquele garoto de 17 anos com aquela pegada maravilhosa. Saímos do bar e andando em uma rua ele me chama pra irmos em uma praça ali perto. Na hora achei meio estranho, mas logo topei.rnE o que tínhamos começado no bar fomos terminar. Em uma mesa ( aquelas para jogar dama dominá) me sentou em cima dela, e começamos aquele sarro delicioso, ah, como beijava gostoso, e eu estava à  dias sem nada. 

No embalo, não aguentei e passei a mão por cima da sua bermuda, e percebi sua ereção, então abri devagar o ziper e enfio a mão e sinto…que rola, meu deus não aguentei e perguntei ” você tem sá 17 anos é serio”.rnComecei a lisar bem gostoso, aquela rola deliciosa, ele se abaixa, levanta meu vestido e começa a lamber a minha “babalu” como se nunca tivesse visto uma…ai, como gozei gostoso naquela boca molhada e quente. Com uma grande firmeza me pega pela cintura e me vira de costas, passa aquela lingua quente nas minhas costas, no meu gluteo…foi descendo e foi direto no meu cuzinho, com a lingua ele lambia e com o dedo me fodia ( e que dedo RS) foi assim até eu gozar novamente. Assim que gozei ele coloca a cabeça da rola dele bem perto da babalu, e fica lisando o meu clitoris, e quando eu menos percebi ele enfiou aquela rola com tudo na minha babalu. Se a rola era gostosa de pegar e ver, sentir ela foi melhor… cada socada deliciosa, e quanto mais eu pedia ” me fode vai gostoso” mais ele aumentava a pressão, e naquele vai vem gostoso, ele me pede ” posso gozar em cima do seu cuzinho”…. vai fundo delicia lambuza a minha bunda de porra.rnSaimos da praça e andando ele me abraça e fala ao meu ouvido ” quero mais” e pega minha mão e coloca pra sentir o quanto sua rola estava dura…não acreditei. Encontramos uma van velha e abandonada…e dai começamos tudo de novo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*